[ editar artigo]

6 dicas (e um bônus) para a humanização da sua comunidade

6 dicas (e um bônus) para a humanização da sua comunidade

Uma das definições de comunidade diz que ela é um conjunto de pessoas que pertencem ao mesmo grupo social, possuem os mesmos interesses ou têm a mesma crença. Ou seja, são pessoas que, de alguma forma, compartilham algo em comum.

LEIA MAIS  - Entenda a diferença entre o engajamento na comunidade e nas redes sociais

Na internet, isso não deixa de ser verdade. São essas as interações que tornam uma comunidade online única e especial. A humanização é uma das características que tornam esses espaços perfeitos para a participação dos usuários e é dever de um gerente de comunidade garantir que isso continue sempre presente.

Mas, se por qualquer razão, esse fator humano acabar ficando de lado, a comunidade online vai se tornar pouco atraente para os membros, e ainda menos interessante para aqueles que estão pensando em entrar.

Se você está passando por essa situação, não se preocupe. Hoje eu separei 6 dicas para deixar a sua comunidade mais humana. São fatores que contribuem para tornar o ambiente mais receptivo, incentivar a participação dos integrantes e estimular a entrada de novos participantes.

O que é e como fazer a humanização da comunidade?

Como o próprio nome diz, a humanização da comunidade serve para garantir que o ambiente e as ações tenham o mínimo possível de automatização. Esses grupos são formados por seres humanos, que agem e pensam como tal. Por isso não podemos adotar uma postura que transmita uma mensagem fria ou sem empatia.

A seguir eu trouxe para você algumas ações que deixam a sua comunidade mais humana, aberta e convidativa. Elas vão tornar as interações entre os usuários mais frequentes e também vão incentivar a entrada de novos integrantes no grupo. 

Use fotos e imagens

Foi-se o tempo que apenas o texto, por mais bem escrito que fosse, era atraente para a maioria das pessoas. Atualmente é preciso saber usar bem outros formatos de mídia para prender a atenção do público.

Uma das melhores maneiras de fazer isso é por meio da utilização de fotos, vídeos e qualquer tipo de imagem que deixe o conteúdo mais bonito, colorido e chamativo. Uma boa dica é escolher imagens que passem a sensação de alegria, positividade ou que de alguma maneira estejam ligadas ao tema da comunidade.

LEIA MAIS Como aumentar o engajamento de comunidades

Isso vale também para uma comunidade interna de uma empresa, por exemplo. Fotos de uma reunião ou qualquer atividade, mostram que as pessoas que integram esse espaço têm rostos e não são apenas mais um número. Esse fator dá identidade, algo muito importante para as pessoas e para a comunidade.

Ter problemas é humano

Se a sua comunidade está com alguma dificuldade não hesite em compartilhar este problema com seus usuários. Por exemplo, se estão com 50 membros, mas o objetivo de chegar aos 100 ainda não foi alcançado, experimente dividir esta informação com os integrantes. Além de deixar eles por dentro das ações, você ganhará aliados para alcançar seus objetivos.

Muitos gestores de comunidade têm medo de expor os problemas ou obstáculos enfrentados, dando a impressão de que tudo está sempre perfeito e correndo bem. Uma humanização da comunidade passa também por admitir as eventuais fraquezas e problemas enfrentados.

Admita o erro

Errar é humano. Essa frase, tão antiga e ao mesmo tempo atual, diz tudo sobre humanização da comunidade. Se você se equivocou em alguma informação compartilhe isso com os participantes.

Quanto mais você vier à tona como um humano, mais os membros da comunidade se sentirão próximos de você e querendo lhe dar sua confiança. Diminuir a formalidade e assumir os erros vai aproximá-los e deixar essa relação mais forte.

Comunidades em que vemos apenas os posts e nenhuma manifestação humana por trás deles tendem a ser desconfortáveis para os integrantes. Para que isso aconteça é preciso que o gestor da comunidade trate os posts dessa forma e empregue um ar mais humano, mesmo em conteúdos mais técnicos.

Compartilhe os bastidores

No seu ambiente corporativo tem uma máquina de café onde todos conversam ao redor, abraços fortes ao conquistarem um objetivo ou mesmo mensagens de motivação espalhadas pela empresa. São esses fatores que humanizam o ambiente e demonstram que ali há mais do que um simples prédio.

Esse princípio deve estar presente na comunidade online também, para mostrar que há muito mais do que posts e informações. Existem seres humanos por ali também.

Mostrar o back-office, se for possível, deixa claro que a sua comunidade é feita de pessoas e para pessoas. Isso diminui a formalidade e aproxima os participantes da comunidade, pois eles se sentem mais próximos da empresa e, por sua vez, mais engajados com a comunidade.

Use linguagem leve e informal

Como você conversa no seu ambiente corporativo? Mesmo que seja uma empresa super séria, a linguagem no dia a dia é mais informal. Então, por que isso teria que mudar na comunidade online?

Um dos maiores erros de qualquer estratégia de comunicação é achar que uma linguagem mais formal irá dar mais credibilidade e deixar os participantes da comunidade mais interessados no conteúdo. Isso não poderia estar mais errado, pois o que acontece é exatamente o contrário.

LEIA MAIS  - Como definir missão e visão da sua comunidade

O gestor de comunidade deve orientar os participantes para que a linguagem utilizada seja de fácil compreensão para todos, e ao mesmo tempo o mais atraente possível. Isso passa pela redução da formalidade. Claro que há casos em que essa formalidade se faz necessária, mas em outras situações é bom evitar.

Humor de bom tom

Nada é mais humano que o humor, não é mesmo? Ele requer inteligência e coração para ser produzido e também recebido. Essa ferramenta é ideal para “quebrar o gelo”, aproximar as pessoas e iniciar interações sociais. Em outras palavras, é perfeito para a humanização da comunidade online.

O cuidado aqui é usar o tom de humor certo, para evitar qualquer mal entendido. Usar o humor mais pesado é complicado, pois nem todos vão receber da mesma forma do outro lado da tela Por isso, é preferível evitar qualquer tipo de conteúdo desta natureza.

Sempre que possível procure dar uma leveza para os posts e no relacionamento com os membros da comunidade. Assim como a linguagem informal, o humor torna a humanização da comunidade mais fácil e deixa o ambiente muito mais agradável para quem está participando.

Dica BÔNUS!

Não se esqueça de inserir espaços para o compartilhamento das publicações via redes sociais. Um dos pontos mais importantes para uma comunidade online é a participação dos usuários. Portanto deixe que eles tenham à mão todas as ferramentas possíveis para compartilhar o que está acontecendo dentro dela.

Toda essa humanização da comunidade precisa também ser comunicada para fora dela. Não se esqueça disso!


Todas essas medidas vão tornar sua comunidade online muito mais agradável e convidativa. Claro que cada uma delas têm suas particularidades e talvez nem todas sejam aplicadas à sua, mas a maioria delas irá servir e produzir bons resultados.

LEIA MAISBlog colaborativo: entenda como funciona e veja 5 dicas para fazer o seu

Como gestor de comunidade é preciso que você preste muita atenção nas demandas que surgirem, assim você saberá como agir e qual medida é mais adequada para determinada situação.

Esse é um assunto que eu gosto muito, tanto que eu falei sobre ele no artigo sobre o que faz um gerente de comunidade.

Marketing de Engajamento
Luciano Kalil
Luciano Kalil Seguir

CEO - Duopana - Plataforma para você criar comunidades e ambientes colaborativos de produção de conteúdo.

Ler matéria completa
Indicados para você