{{ warning.message }} Ver detalhes
Post
Link
Pergunta
O que é uma comunidade online e por que ela é diferente da sua audiência de seguidores?
[editar artigo]

O que é uma comunidade online e por que ela é diferente da sua audiência de seguidores?

Nunca o contato com o público foi tão importante para as marcas. Seja para se relacionar com quem já é cliente, entender suas necessidades, conhecer melhor sua relação com os produtos da empresa, ou até mesmo para se aproximar daquelas pessoas com potencial para se tornarem clientes.

Curiosamente, com a evolução da tecnologia digital, nunca foi tão fácil para as empresas dedicar uma parte do orçamento para esse tipo de estratégia de comunicação.

Parece perfeito, não é? E é mesmo.

Existem algumas formas diferentes de manter essa proximidade com as pessoas, e investir em uma comunidade online é, sem dúvida, o melhor caminho para atingir esse objetivo. Nasce assim, o que muitos profissionais do mercado digital estão chamando de marketing de comunidades.

"Ah, sim, mas eu já tenho uma comunidade online." Se você considera seus seguidores nas redes sociais sua comunidade, devo dizer que você está errado.

Calma, eu vou explicar. Leia o post até o fim e você vai entender. Eu garanto! ;)

Estamos falando de um conceito ainda novo, e por este motivo, muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre o que caracteriza uma comunidade online e de que forma ela se diferencia da audiência de seguidores que praticamente toda empresa tem nas redes sociais.

Este post nasceu justamente para solucionar esta dúvida. Vamos lá?

O que é uma comunidade online?

Se pensarmos nas palavras que compõem a expressão, vamos ver que "comunidade" vem do latim "communitāte" que quer dizer algo em comum, compartilhado. Ou seja, uma comunidade não é apenas uma reunião de pessoas, mas sim um grupo de interesses em comum.

No passado, comunidades se construíam a partir de indivíduos geograficamente próximos. No entanto, com a evolução da tecnologia digital, a comunicação entre as pessoas se tornou mais simples e as comunidades puderam se construir também no ambiente digital. Nasce, então, o conceito que hoje conhecemos como comunidade online.

Podemos dizer, portanto, que uma comunidade online é um grupo de pessoas que se reúne em torno de um interesse em comum, usando a internet como plataforma de comunicação. Inclusive, a Beracode, ferramenta usada para gestão deste blog, foi desenvolvida exclusivamente para este fim: a criação e a administração de comunidades online.

Para facilitar sua compreensão, vamos ver um exemplo.

Um dos primeiros clientes a utilizar a plataforma Beracode para criação de uma comunidade online foi o Sebrae, do Paraná. Desse esforço nasceu o Clube Sebrae, um espaço para agregar todos aqueles que se interessam pelos temas "empreendedorismo" e "negócios".

Hoje, depois de quase 2 anos de trabalho eles têm mais de 10.000 pessoas cadastradas, cerca de 1000 publicações de conteúdo relevante e dezenas de discussões entre os participantes em torno dos temas abordados. Até eventos presenciais já foram promovidos pelo Sebrae sob a marca do Clube Sebrae para melhorar ainda mais a participação das pessoas e o engajamento.

Outro grande case que — ainda — não usa a ferramenta Beracode é a comunidade de Trailblazers da Salesforce, que inclusive foi tema de um post do nosso CEO aqui no Marketing de Engajamento.

Em resumo, ela reúne as pessoas que trabalham com Salesforce e são especialistas na utilização dos softwares da empresa. Dessa forma elas podem trocar experiências, tirar dúvidas e ajudar um ao outro no dia-a-dia do trabalho.

"Ok, entendi. Mas por que uma comunidade online é diferente da audiência dos meus canais nas mídias sociais?"

Comunidade online x Audiência de seguidores nas mídias sociais

Essa é uma dúvida bastante comum entre as empresas que escolhem investir para criar uma comunidade online. Em resumo, a diferença está na motivação das pessoas para seguir uma marca ou participar de uma comunidade online.

Enquanto nas mídias sociais o objetivo é interagir com a empresa, em uma comunidade online a intenção é que as pessoas se relacionem entre si, em torno daquele interesse em comum. Ou seja, ninguém entra em uma comunidade online pois deseja manter contato com a marca, mas sim porque tem interesse na troca com os outros participantes.

Vamos pegar o exemplo do Clube Sebrae. Os empreendedores, consultores e entusiastas participantes ativos na comunidade não decidiram se cadastrar pois queriam manter contato com a instituição/marca Sebrae. Mas sim pois desejavam trocar ideias, experiências e conhecimento com outras pessoas que também se interessam pelos mesmos temas.

Da mesma forma no caso da comunidade online de Trailblazers da Salesforce. As pessoas se reuniram na comunidade por conta do tema. Elas querem trocar informações sobre o trabalho diário com os softwares da Salesforce, e não saber mais da empresa e das ações que a marca está fazendo.

Aqui no dia-a-dia com Beracode nós costumamos dizer que as empresas precisam de uma causa para criar uma comunidade online. Ou seja, um tema ou interesse que faça sentido para a marca, com potencial suficiente para que as pessoas queiram falar sobre ele e se beneficiar dessa interação.

No final das contas é esse o ponto central: se o contato entre os membros for capaz de gerar benefícios claros, eles vão permanecer ativos e retornar sempre à comunidade online. Se isso acontecer, a comunidade certamente irá gerar ganhos também para a empresa, se provando como um excelente investimento em comunicação e relacionamento.

Compreender o que é uma comunidade online é apenas o primeiro passo dessa jornada de relacionamento e proximidade com leads e clientes. Tenho certeza que sua estratégia de negócio vai ganhar muito com esse investimento. Ah, e claro, conte comigo caso surja alguma dúvida sobre o tema. É só fazer seu comentário aqui embaixo! 😉

Marcus Pereira

Marcus Pereira

Mkt Digital e Conteúdo @ Beracode

Fique informado sobre as novidades da comunidade
Cadastre-se aqui
Gostou desse artigo? Escreva o seu também!
Nova publicação

Continue lendo!

Cadastre-se gratuitamente e tenha acesso
aos conteúdos exclusivos.

Entrar